Ronaldo Viola









Página Inicial


Para saber mais...


Página Índice dos Compositores e Intérpretes


Ouvir Música Caipira





Ronaldo Carandina nasceu em São Paulo-SP no dia 25/03/1962. Iniciou o aprendizado do Tradicional Instrumento Musical Caipira Raiz com apenas 9 anos de idade. Desde criança gostava de ouvir os grandes nomes da Música Caipira Raiz no inesquecível Programa "Linha Sertaneja Classe A", na Rádio Record de São Paulo-SP.

Ronaldo Viola "abandonou tudo" pela vida nos palcos, objetivando cantar "as verdades do nosso Brasil", conforme seu próprio comentário no encarte do CD "Ronaldo Viola e João Carvalho - Vol. 5" (ver logo abaixo). Ronaldo também gostava de um bom frango caipira, quiabo e pimenta "da boa" e, nas horas de lazer, uma pescaria com os amigos, não deixando de levar a Viola!

Manoel João de Carvalho é natural de Taiúva-SP, onde trabalhava no campo juntamente com seus pais. Cresceu ouvindo a Música Caipira e os primeiros acordes no Violão ele aprendeu ainda na infância. João Carvalho também gosta de uma boa pescaria, preferencialmente no Pantanal Matogrossense, tendo predileção pelos "peixes enormes" bem assados na própria beirada do rio...


A dupla "Ronaldo Viola e João Carvalho" iniciou no ano de 1978 sua curta, porém expressiva, Carreira Artística, após o Festival da Música Sertaneja patrocinado pelo Governo do Estado de São Paulo, que teve lugar em diversas cidades do Interior Paulista, dentre elas, Santa Isabel-SP.

Defendendo uma música de autoria sua, juntamente com José Caetano Erba, Ronaldo foi vencedor, juntamente com João Carvalho e, a partir daí, decidiram formar a Dupla.

E, no ano de 1980, com apoio do Cantador, Compositor e Produtor Téo Azevedo, que os levou para a gravadora Fermata, Ronaldo Viola e João Carvalho gravaram o primeiro disco, "Cheiro Do Povão" (Discofran - DFLP 105), com destaque para a música "João e Maria" (Moniz). Esse Primeiro Disco foi uma Produção Independente distribuída pela Fermata.

O Segundo e o Terceiro Discos foram gravados na Tocantins, tendo já atingido um expressivo destaque no cenário nacional.

Considerados como Músicos de Raiz, a dupla procurou seguir o Estilo Autêntico de Tião Carreiro e Pardinho, seguindo no Mundo Artístico Profissional e fazendo sucesso nos Estados de São Paulo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso do Sul e Paraná, realizando diversas apresentações, tendo chegado à marca de 6 Discos gravados, entre LP's e CD's.

Merece destaque também o Quarto Disco, que a dupla gravou no ano de 1993: o LP "Ronaldo Viola e João Carvalho - Vol. 4" pela gravadora San Francisco (SFLP-1013), o qual contou com a Produção e os Arranjos do Maestro Martinez, tendo as Músicas "Paixão Goiana" (João de Paula - Romeu Wandscheer), "Esperança" (Ronaldo Viola) e "Viola Viva" (Praense - Romeu Wandscheer), além de "Volta Por Cima" (Tião Carreiro - Romeu Wandscheer). O disco também teve a participação especial do Locutor de Rodeios Barra Mansa na faixa "Rodeio Brasileiro" (Jesus Belmiro - Ronaldo Viola).

O Quinto e o Sexto Discos da dupla foram gravados também na San Francisco. O Volume 5 (SF-5003) (foto da capa à direita), por sinal, foi um trabalho muito bom que, para nossa felicidade, foi remasterizado em CD, com destaque para excelentes Composições tais como "Na Voz do Vento" (Valdemar Reis - Ronaldo Viola - Silviano Ramos), "Pagode do Grotão" (Lourival dos Santos - Tião Carreiro - Ronaldo Viola), além da belíssima "Carro de Boi" (Donizete Santos - Ronaldo Viola) (a Música cujo trecho o Apreciador ouve ao acessar essa página).

No ano 2.000, no entanto, Ronaldo Viola e João Carvalho desfizeram a dupla, após quase 20 anos de atividade. E, a partir de 2002, Ronaldo Viola passou a cantar em dupla com o Praiano.

Almiro José Alves, o Praiano já havia formado dupla em 1992 com Tião Carreiro, após o convite do próprio Criador e Rei do Pagode que na época procurava por um novo parceiro para seu próximo disco. Praiano também já formou dupla com Peão Carreiro, com quem gravou dois discos.


Em dupla com Ronaldo Viola, Praiano gravou um único CD ("Ronaldo Viola e Praiano - Volume 1") pela GT Musik (GTCD-0013), o qual foi bastante destacado pela preferência popular com a Música "Desatino" (Ronaldo Viola - Zé Bill), no estilo pop-sertanejo romântico. O CD também nos brinda com belíssimas Composições tais como "Jeitão de Caboclo" (Valdemar Reis - Liu), "Pescaria" (Ronaldo Viola - Bênnon) e "Rei da Pecuária" (Ronaldo Viola - Jesus Belmiro), mantendo nessas interpretações o Estilo Caipira Raiz.


Clique aqui, veja e ouça uma belíssima interpretação de "Jeitão de Caboclo" (Valdemar Reis - Liu) a cargo de Ronaldo Viola e Praiano, num Arquivo Musical pertencente ao site YouTube, oriundo do excelente programa "Caminhos da Roça" da EPTV produzido por Igor Bavenhago.


A dupla "Ronaldo Viola e Praiano", no entanto, desfez-se bruscamente na noite de Terça-Feira 13/07/2004, quando um derrame cerebral levou Ronaldo Viola à UTI de um hospital na Capital Paulista, com fortes dores de cabeça. Ronaldo Viola "partiu para o Andar de Cima" às 08:40 da manhã do dia 14/07/2004...

A Missa de Sétimo Dia foi rezada no dia 20/07/2004 às 19:00 horas na Igreja Santa Terezinha no Largo de Taboão da Serra-SP, cidade da Grande São Paulo, onde Ronaldo Viola residia com sua Esposa, a excelente Violeira Juliana Andrade (foto à direita), com quem foi casado durante três anos e sete meses...

Praiano atualmente forma excelente Dupla com Rodrigo Mattos, enquanto que Juliana Andrade voltou a formar a Dupla com a Jucimara. E João Carvalho, após cantar em Dupla com João Mulato, por um curto período de tempo, em 2006, passou a cantar em Dupla com Roberto Viola, com quem vem defendendo a autêntica Música Raiz. O Apreciador poderá conhecer melhor o trabalho da nova Dupla "Roberto Viola e João Carvalho" clicando nos links abaixo:

Roberto Viola e João Carvalho no Palco MP3

Blog de Roberto Viola e João Carvalho


E, na Composição, João Carvalho tem atuado com freqüência em parceria com o Compositor Batista dos Santos!


Conheci pessoalmente o João Carvalho quando ele esteve presente na Cerimônia de Premiação do o Prêmio Rozini de Excelência da Viola Caipira, promovido pelo IBVC - Instituto Brasileiro da Viola Caipira, no Memorial da América Latina, em São Paulo-SP, no dia 17/06/2013.

Na foto abaixo, Ricardinho com João Carvalho, no dia da premiação:




Na foto abaixo, da esquerda prá direita, Fabíola Mirella, Sérgio Penna, Ricardinho, Cláudio Rugene e João Carvalho, no dia da premiação. Fabíola, Sérgio e Cláudio formam o Grupo Violeiros Matutos, e eles também foram contemplados nas Categorias "Violeira", "Violeiro" e "Grupo", respectivamente!!!




E, na foto abaixo, da esquerda prá direita, Batista dos Santos, Ricardinho, Cleber Vianna, João Carvalho e Douglas, também no dia no dia da premiação - 17/06/2013 - Batista, Cleber e Douglas foram agraciados nas Categorias "Letrista", "Professor" e "Site" (Blog Cultura Caipira), respectivamente!!!





Obs.: As informações contidas no texto dessa página são originárias dos encartes dos CD's "Ronaldo Viola e João Carvalho - Volume 5" (SF-5003) e "Ronaldo Viola e Praiano - Volume 1" (GTCD-0013) e também dos sites da Prefeitura Municipal de Bastos-SP, Site Oficial de Rodrigo Mattos e Praiano, Ponteio Caipira - João Vilarim, Dicionario Ricardo Cravo Albin de Música Popular Brasileira e IMMUB - Instituto Memória Musical Brasileira, além de informações complementares gentilmente fornecidas pela excelente Violeira Juliane Andrade, que foi Esposa de Ronaldo Viola. Ver também mais detalhes e links na página Para saber mais... onde constam as Referências Bibliográficas sem as quais a elaboração desse site teria sido impossível.

Quero também agradecer ao Apreciador Wilson Roberto Mantovani, que enviou informações adicionais importantíssimas para a elaboração desse resumo biográfico de Ronaldo Viola.

Muito obrigado, Wilson, por esse gesto que ajuda a enriquecer cada vez mais a Memória Musical Brasileira!!



Essa viagem pela Música Caipira não pára por aqui: Clique aqui e pegue o trem, que ele agora irá para Goiânia-GO e Londrina-PR: conheça essa jovem e autêntica dupla que se formou no início da década de 1980 e que defende "com unhas e dentes" o Estilo Caipira Raiz. Apesar de seis anos terem separado o primeiro e o segundo discos, Goiano superou o problema ocorrido com sua voz, devido ao acidente de carro com ele ocorrido, e a dupla já gravou um total de 5 LP's e CD's! Conheça um pouquinho dessa excelente Dupla que é Goiano e Paranaense.




Ou então, se você preferir outro compositor ou intérprete, clique aqui e "pegue outro trem para outra estação", na Página-Índice dos Compositores e Intérpretes.
















Voltar ao Topo