Peão Carreiro e Zé Paulo









Página Inicial


Para saber mais...


Página Índice dos Compositores e Intérpretes


Ouvir Música Caipira





O presente resumo biográfico foi um dos maiores desafios que já encontrei no desenvolvimento desse site, não apenas pelas diversas Duplas formadas pelo Peão Carreiro e pelo Zé Paulo (além de diversos outros parceiros com os quais os parceiros de Peão Carreiro também formaram Dupla), mas também pela enorme escassez de informações a respeito dos dois integrantes da Dupla, nos diversos livros, jornais e revistas do gênero, além da própria Internet!

Manoel Nunes Pereira, o Peão Carreiro, nasceu em Mirassol–SP, no dia 06/09/1932 e faleceu no dia 13/05/1999, em Londrina-PR, onde está sepultado, no Cemitério da Saudade.

Algumas biografias afirmam que Peão Carreiro nasceu em São José do Rio Preto–SP, porém, de acordo com informação que me foi gentilmente enviada por e-mail por seu filho Carlos Alberto Nunes Pereira, o inesquecível Peão Carreiro é natural de Mirassol-SP!!! Muito obrigado, "Cumpadre" Carlos Alberto, pela preciosíssima informação!!!

Diversos biógrafos também afirmam que Peão Carreiro é Paranaense, informação não confirmada, apesar de se saber que ele viveu bastante tempo no Interior do Estado do Paraná. Em Ibiporã-PR, por exemplo, ele chegou a exercer a profissão de Delegado de Polícia e também foi proprietário de um circo.

Luiz Scatampulo, o Zé Paulo, nasceu no dia 28/01/1943 em Cambé-PR.

A Dupla "Peão Carreiro e Zé Paulo" se formou no ano de 1984, ocasião na qual o Peão Carreiro já vinha de uma bem sucedida carreira de Compositor e Intérprete, desde 1952, tendo formado Duplas com diversos outros parceiros, incluindo Mulatinho, Praense (de 1978 a 1984) e Paraíso.

De fato, diversos biógrafos mencionam 1957 como o ano no qual Peão Carreiro iniciou sua carreira musical como Intérprete e Compositor. No entanto, de acordo com sua filha Márcia Nunes Pereira, em comentário no Blog Sentimento Sertanejo, Manoel Nunes Pereira, já com o pseudônimo Peão Carreiro, iniciou sua carreira por volta de 1952, cantando com o Pardinho, o mesmo que, algum tempo depois, passou a cantar em inesquecível Dupla com o Tião Carreiro. Ao que consta, a Dupla "Peão Carreiro e Pardinho" não chegou a gravar nenhum Disco.

Clique aqui e conheça o Blog Sentimento Sertanejo, no qual Giseli Trauzola, com a colaboração de Talita Galero disponibilizam informações complementares sobre Peão Carreiro, num artigo publicado no dia 02/04/2011!

Nas fotos abaixo, algumas Duplas formadas pelo Peão Carreiro (além da Dupla com o Zé Paulo):

Peão Carreiro e Praense:



Peão Carreiro e Mulatinho:



Peão Carreiro e Sampaio:



Peão Carreiro e Paraíso:



Peão Carreiro e Praiano:



Como Compositor, Peão Carreiro já se destacava pelo sucesso de belíssimas Composições suas tais como "Sonhei Com Você" (Peão Carreiro), "Tormento De Saudade" (Peão Carreiro), "À Procura De Uma Flor" (Peão Carreiro) e "Dê Amor Para Quem Te Ama" (Peão Carreiro - José Rico), que foram grandes sucessos nas belíssimas vozes de Milionário e José Rico, e também "Telefone Mudo" (Peão Carreiro), um dos grandes sucesso do repertório do Trio Parada Dura, além de "Tchau, Amor" (Praense - Ado - Peão Carreiro), que foi grande sucesso nas vozes de Tião Carreiro e Pardinho, Sérgio Reis, e Zé Tapera e Teodoro.

Por outro lado, o paranaense Zé Paulo havia sido parceiro de Pimentel. Consta que a Dupla "Zé Paulo e Pimentel" gravou um LP no ano de 1983, com Composições de Praense, Compadre Lima, Jesus Belmiro e Peão Carreiro.

Nesse ano de 1984, desfazia-se a Dupla "Peão Carreiro e Praense" e nascia a Dupla "Peão Carreiro e Zé Paulo". Ao que consta, a mais duradoura das Duplas formadas pelo Peão Carreiro (Enquanto que o Praense, em 1985, passava a cantar em Dupla com Pinhalão).

Ao que consta, a Dupla "Peão Carreiro e Zé Paulo" gravou 5 LP's, tendo sido considerada como uma das melhores Duplas Sertanejas do Brasil, no início da década de 1990.

A Dupla "Peão Carreiro e Zé Paulo", porém, se desfez em 1993, pouco antes de completar 10 anos de carreira.

Em 1994, Peão Carreiro formou Dupla com o Praiano, que já havia sido parceiro do Tião Carreiro, com quem havia gravado um LP, em 1992.

A Dupla "Peão Carreiro e Praiano" gravou 4 LP's, dois deles intitulados "Os Diplomatas", título esse que também havia sido de alguns LP's de "Peão Carreiro e Zé Paulo"!

Zé Paulo, por sua vez, chegou a formar Dupla com o Tinoco, em 1995 e gravou com ele um CD pela Gravadora Transcontinental (o primeiro CD que Tinoco gravou após o falecimento de seu irmão e parceiro Tonico). A Dupla "Tinoco e Zé Paulo" chegou a realizar 180 shows em diversos lugares do Brasil. Em Junho de 1996, porém, eles decidiram seguir outros rumos.

"Distante dos palcos", Zé Paulo reside atualmente em Maringá-PR, "aposentado da carreira artística", de acordo com a informação gentilmente fornecida pelo Compositor Cândido, de Ibiporã-PR.

Mesmo estando "aposentado", Zé Paulo gravou um belíssimo CD, juntamente com o Compositor Cândido, intitulado "Bem Caipira", com destaque para a Querumana "Vida No Sertão" (Jota Alves - Cândido), o Pagode "Batida E Batidão" (Cândido), o Vanerão "Cafezinho Da Vovó" (Cândido), o Rasqueado "Fazenda Bonança" (Jorge Neves - Cândido) (com a participação especial de Lourenço e Lourival), além da faixa-título que é a Moda de Viola "Bem Caipira" (João Sérgio - Cândido)!

Trata-se de um belíssimo CD que pode ser adquirido em contato direto com "Zé Paulo e Cândido" através do telefone (43) 9129-5642 ou através do e-mail zepauloecandido@gmail.com!

Clique aqui e ouça o Vanerão "Cafezinho da Vovó" (Cândido), interpretado pela Dupla "Zé Paulo e Cândido", num vídeo postado pelo próprio Compositor no Youtube, no dia 05/04/2011. Essa belíssima Composição Musical é a nona faixa do CD "Bem Caipira" da Dupla "Zé Paulo e Cândido"!!!





Por outro lado, em 1998, Peão Carreiro voltou a formar a Dupla com o Praense, e a Dupla gravou mais um CD na Gravadora Atração Fonográfica.

Peão Carreiro, porém, já se encontrava bastante doente e sua Voz já não era mais a mesma. E, no dia 13/05/1999, Peão Carreiro "partiu para o Andar de Cima" e Praense mais uma vez se viu sem parceiro.

Lembrar que, no ano 2000, formou-se a Dupla "Peão e Praense", no entanto, o Peão dessa Dupla não era o Peão Carreiro, que já havia falecido. Era o Pinhalão, que havia formado novamente a Dupla com o Praense. E a Dupla "Peão e Praense" gravou apenas um CD, mas a própria gravadora não se interessou pelo trabalho.

Tendo a voz bem parecida com a de seu pai, o filho do Peão Carreiro também formou com o Praense a Dupla "Carreiro Filho e Praense" dando continuidade ao Estilo de "Peão Carreiro e Praense". A nova Dupla, no entanto, também gravou apenas um CD.

De acordo com a Pesquisadora Sandra Cristina Peripato, em seu excelente site Recanto Caipira, Carreiro Filho também "...formou Dupla com Silvano, com quem adotou definitivamente o nome de seu pai, formando então a dupla 'Peão Carreiro e Silvano', com quem gravou um CD."

Dentre os grandes sucessos compostos pelo Peão Carreiro, merece destaque a belíssima letra de "Porta Do Mundo" (Peão Carreiro - Zé Paulo) que foi gravada pela Dupla "Peão Carreiro e Zé Paulo" (a Música cujo trecho o Apreciador ouve ao acessar essa página).

Logo abaixo, a letra dessa belíssima Composição:

O som da Viola bateu
No meu peito doeu, meu irmão,
Assim eu me fiz Cantador
Sem nenhum Professor aprendi a lição,
São coisas divinas do mundo
Que vem num segundo a sorte mudar,
Trazendo pra dentro da gente
As coisas que a mente vai longe buscar.

Em versos se fala e canta
O mal se espanta e a gente é feliz,
No mundo das rimas e trovas
Eu sempre dei prova das coisas que fiz,
Por muitos lugares passei
Mas nunca pisei em falso no chão,
Cantando interpreto a poesia,
Levando alegria aonde há solidão.

O destino é o meu calendário,
O meu dicionário é a inspiração,
A porta do mundo é aberta,
Minha alma desperta,
Buscando a canção,
Com minha Viola no peito
Meus versos são feitos pro mundo cantar,
É a luta de um velho talento,
Menino por dentro sem nunca cansar.



Clique aqui, e ouça "Porta Do Mundo" (Peão Carreiro - Zé Paulo) interpretada pela Dupla "Peão Carreiro e Zé Paulo", num vídeo postado por Adair Carvalho no Youtube, em 20/09/2009, e que é um link do blog Sentimento Sertanejo.

"Porta Do Mundo" (Peão Carreiro - Zé Paulo) também foi gravada por diversos Intérpretes do quilate de Sérgio Reis, Os Mairiporãs, Orquestra de Violeiros de Mauá-SP, "Durval e Davi", "Peão Carreiro e Praiano" e também o Daniel, com a participação especial de Mocóca e Paraíso.

Sem dúvida, uma das mais belas Composições Musicais e também um dos maiores sucessos da Dupla "Peão Carreiro e Zé Paulo"!





Como o Apreciador pode perceber, a Dupla "Peão Carreiro e Zé Paulo" merece estar entre os passageiros "embarcados nesse trem". No entanto, com todas as pesquisas que venho fazendo, pouquíssimo material encontrei sobre "Peão Carreiro e Zé Paulo", até então.

Quero aqui convidar o Apreciador a participar desse site, enviando informações adicionais tais como o nome completo dos integrantes da Dupla, data e local de nascimento, data e local de falecimento (se for o caso), fotos, "escaneios" de capas de discos e biografias, informações que são de fundamental importância para um bom resumo biográfico.

Qualquer informação ou qualquer material útil podem ser enviados para o e-mail


ricardinho@boamusicaricardinho.com

O nome do(s) colaborador(es) e também dos respectivos sites (se for o caso) serão mencionados nessa página dedicada à Dupla "Peão Carreiro e Zé Paulo".

Ricardinho, o criador desse site, agradece antecipadamente a quem puder enviar qualquer material que possa ser útil para imortalizar a dupla "Peão Carreiro e Zé Paulo"!

Quero inclusive agradecer ao Apreciador Cândido, que é Compositor e reside em Ibiporã-PR, que me forneceu informações atualizadas sobre o Peão Carreiro e também sobre o Zé Paulo!

Quero também agradecer ao Apreciador Willian Coelho, que também me forneceu preciosíssimas informações sobre o Zé Paulo!

Quero agradecer também ao Apreciador Jorge Neves, que é Compositor, residente em Londrina-PR e também me forneceu preciosíssimas informações sobre o Peão Carreiro!

Quero também agradecer ao Apreciador Leandro Palmeira, que também me forneceu preciosíssimas informações sobre o Peão Carreiro e me indicou o Blog Sentimento Sertanejo, no qual Giseli Trauzola, com a colaboração de Talita Galero disponibilizam informações complementares sobre o Peão Carreiro, num artigo publicado no dia 02/04/2011, com um comentário de Márcia Nunes Pereira, filha do Peão Carreiro!

Quero agradecer também à Apreciadora e Pesquisadora Sandra Cristina Peripato, criadora do site Recanto Caipira, que também possui uma página dedicada ao Peão Carreiro!

Quero agradecer também ao Apreciador Carlos Alberto Nunes Pereira, filho do Peão Carreiro, pela correta informação sobre sua verdadeira cidade-natal, que é Mirassol-SP!!!

Muito obrigado, "Cumpadres" Cândido, Jorge Neves, Willian Coelho, Leandro Palmeira, Giseli Trauzola, Talita Galero, Márcia Nunes Pereira, Sandra Cristina Peripato E Carlos Alberto Nunes Pereira por esse gesto que é de grande ajuda na Preservação da Memória Musical da Música Caipira Raiz!!!




Obs.: As informações contidas no texto dessa página são originárias principalmente dos sites e blogs: Voz e Viola - Cleber Toffoli, Tonico e Tinoco - A Dupla Coração do Brasil - Paulo de Moura Castro, João Vilarim - Ponteio Caipira, Sentimento Sertanejo, Recanto Caipira, Raiz Caipira, Dicionário Cravo Albin de Música Popular Brasileira e IMMUB - Instituto Memória Musical Brasileira.

Ver também mais detalhes e links na página Para saber mais... onde constam as Referências Bibliográficas sem as quais a elaboração desse site teria sido impossível.



Essa viagem pela Música Caipira Raiz continua: Clique aqui e pegue o trem, que ele agora irá para Ibiporã-PR e Cambé-PR, no Estado do Paraná: conheça um pouquinho dessa Dupla que, apesar de ter sido formada há pouco tempo, carrega uma boa experiência em formação de Duplas anteriores, além do talento do Praense na Composição. Conheça um pouquinho dessa Dupla que é Tenório e Praense.


Ou então, se você preferir outro compositor ou intérprete, clique aqui e "pegue outro trem para outra estação", na Página-Índice dos Compositores e Intérpretes.
















Voltar ao Topo