Abel e Caim









Página Inicial


Para saber mais...


Página Índice dos Compositores e Intérpretes


Ouvir Música Caipira





Os primos José Vieira, o Abel, nascido em Itajobi-SP em 1929, e Sebastião Silva, o Caim, nascido em Monte Azul Paulista-SP em 1944, cantavam desde a infância, antes da formação da dupla, que aconteceu quando eles se encontraram em São Paulo na década de 1960.

José Vieira fez dupla com Xupim em 1956, dupla essa que se apresentava na Rádio "A Voz de Catanduva", enquanto Sebastião, ainda menino, integrava o "Trio Mirim", que em 1955 tinha programa próprio na Rádio Clube de Marília-SP. O Trio Mirim era composto por Bolinha (Sebastião), Esmeralda (irmã de Sebastião) e também o sanfoneiro Periquito. Na foto acima e à esquerda, Sebastião, Periquito e Esmeralda, no trio que deu início à carreira artística do Caim. Essa foto foi gentilmente enviada pelo Radialista, Produtor e Pesquisador Maikel Monteiro de Curitiba-PR (ver abaixo nas Referências Bibliográficas).

José Vieira também chegou a cantar durante um ano juntamente com o Vidoco da dupla Vadico e Vidoco a qual havia se separado. Vidoco o havia convidado pois sua voz cantando era semelhante à voz do Vadico. Fizeram programas de rádio e shows em circos, até que, numa oportunidade que apareceu para gravarem um disco, Vidoco achou melhor chamar o antigo parceiro, sem nada ter dito para José Vieira. E quando este chegou ao estúdio na hora combinada e soube que o Vidoco já havia feito a gravação com o "Vadico original", decidiu deixar a dupla.

Algum tempo depois os dois primos se encontraram na Paulicéia Desvairada e resolveram se apresentar juntos no programa Cidade Sertaneja na TV Cultura. E em 1966, na mesma emissora foram premiados num concurso de Violeiros sob o comando de Geraldo Meireles. Entre mil e quinhentas duplas inscritas, eles conquistaram o primeiro lugar e ganharam um contrato com a Chantecler (hoje Warner Music) e tambem a gravação do primeiro LP. Destaque para "Desilusão de Dadá" (Yolando Mondine - Dorival Teixeira), "Santa Luzia" (Yolando Mondine - Dorival Teixeira) e "Mãe Amorosa" (Tanabil Aleixinho). E foi Antonio Jacob (o Jacó da dupla "Jacó e Jacozinho" em sua formação inicial) que sugeriu à nova dupla o nome "Abel e Caim". A foto acima e à direita foi gentilmente enviada pelo Radialista, Produtor e Pesquisador Maikel Monteiro de Curitiba-PR (ver abaixo nas Referências Bibliográficas).

E logo depois defenderam na Radio Nacional de São Paulo-SP (hoje Globo) a música "Natureza" (Dino Franco), no primeiro festival realizado pela emissora, onde conquistaram o terceiro lugar, sendo que no mesmo evento participaram também outras excelentes duplas de sucesso na época, tais como Tonico e Tinoco, Zico e Zeca, Liu e Léu, Cascatinha e Inhana e também o Duo Glacial, apenas para citar algumas.

Em 1968, gravaram o segundo LP, também pela Chantecler, destacando "A Bandinha" (Léo Canhoto), "Menino Boiadeiro" (Tanabi) e "Natureza" (Dino Franco), que conquistou o terceiro lugar do primeiro festival da Nacional, já mencionado logo acima.

Novas gravações e novos sucessos vieram, dentre os quais, "Derradeiro Adeus" (Dino Franco) e "Milagre do Retrato" (Sulino - Pedro Calandro), "Arca de Noé" (Martins Neto), "Pretinho Aleijado" (Teddy Vieira - Luizinho), "Chuva, Sangue da Terra" (Lourival dos Santos - Tião Carreiro), "Triste Ocorrência" (Jack - Abel), "O Menino e o Cachorro" (Dino Franco), "Adeus Boiada" (Nestor - Zeca), "Ingratidão de Filho (Jack - Caim) e "O Barco" (Jack - Abel), apenas para citar algumas.

E seguiram-se também novos programas de rádio e diversas apresentações pelo Brasil afora; e diversos discos também foram gravados. Com mais de 30 anos de carreira, desde a gravação do primeiro disco em 1967, Abel e Caim hoje residem em Bilac-SP e Marília-SP, respectivamente, e continuam se apresentando brilhantemente e com bastante sucesso em feiras, rodeios e circos, principalmente no Interior, defendendo nossa Música Caipira Raiz. A foto acima e à esquerda foi gentilmente enviada pelo Radialista, Produtor e Pesquisador Maikel Monteiro de Curitiba-PR (ver abaixo nas Referências Bibliográficas).

E, na foto à esquerda, Abel e Caim na Chácara Tapera Velha, (situada próximo à Serra do Mar, em Quatro Barras-PR, a 30 Km de Curitiba) no dia 29/01/2005, numa roda de cantoria juntamente com outros artistas de renome, além do pessoal do Viola e Cantoria e do Radialista Maikel Monteiro, que apresenta o programa Brasil Caboclo que vai ao ar aos Domingos às 07:00 da manhã pelas Ondas Médias da Rádio Paraná Educativa (e-Paraná) de Curitiba-PR (AM 630 kHz - também pode ser ouvida pela Internet), e que conhece a fundo a trajetória da dupla Abel e Caim (ver logo abaixo nas Referências Bibliográficas).


Clique aqui e conheça esse excelente site dedicado à Dupla Abel e Caim, desenvolvido por Eder Alves Paula de Jataí-GO, com supervisão do Radialista e Pesquisador Maikel Monteiro, com Biografia, Fotos, Discografia, além da agenda de shows da excelente Dupla.


Na foto abaixo, Ricardinho, Caim, Zé Goiano e o Radialista José Francisco (que apresenta junto com Maikel Monteiro o Programa "Brasil Caboclo" nos 630 kHz da Rádio Paraná Educativa (e-Paraná) - AM de Curitiba-PR, no ar todos os Domingos das 07:00 às 09:00 da manhã), na Churrascaria Tião Carreiro, no dia 26/03/2008, por ocasião do lançamento do segundo CD de Poemas de autoria de José Caetano Erba, declamados por Kleber Oliveira.




Na foto abaixo, Caim e o Radialista José Francisco, no mesmo evento, na Churrascaria Tião Carreiro, no dia 26/03/2008.




Na foto abaixo, Ricardinho e Abel, também no mesmo evento, na Churrascaria Tião Carreiro, no dia 26/03/2008.




Na foto abaixo, Ricardinho e Caim, também na Churrascaria Tião Carreiro, no dia 26/03/2008.





Abel passou para o "Andar de Cima" quando contava 81 anos de idade, em Araçatuba-SP às 19:00 do dia 12/01/2011, no Hospital UNIMED, onde estava internado desde o dia 09/12/2010 para uma cirurgia de substituição de uma prótese no femur, operação essa que culminou em "rejeição" e complicação de seu estado de saúde, em 34 dias dias de internação, tendo sido 9 dias na UTI...

Seu corpo foi velado e sepultado em Bilac-SP, cidade próxima a Araçatuba-SP, no dia 13/01/2011...

Abel: Receba de Ricardinho essa singela homenagem...



Obs.: As informações contidas no texto dessa página são originárias dos sites Dicionário Ricardo Cravo Albin de Música Popular Brasileira e Enciclopédia Musical Brasileira.

Quero agradecer também pela preciosíssima colaboração que me foi enviada pelo Radialista, Produtor e Pesquisador Maikel Monteiro que, ao lado de seu grande Amigo José Francisco, produz e apresenta o excelente Programa, Brasil Caboclo que vai ao ar todos os Domingos às 07:00 da manhã pela Rádio Paraná Educativa (e-Paraná) de Curitiba-PR (AM 630 kHz - também pode ser ouvida pela Internet), e que conhece a fundo a trajetória da Dupla "Abel e Caim" e me forneceu informações importantíssimas, além de esclarecimento de dúvidas que ocorreram durante a elaboração desse resumo biográfico!!!

Além da Dupla "Abel e Caim", o "Cumpadre" Maikel Monteiro também conhece a fundo a Trajetória Musical de diversos outros excelentes Intérpretes da Música Caipira Raiz, tais como as Irmãs Galvão, Tonico e Tinoco, Nhô Belarmino e Nhá Gabriela, Tuta e Tota, Jacó e Jacozinho, Leôncio e Leonel, Mineiro e Manduzinho, Luizinho, Limeira e Zezinha, Pininha e Verinha e Mogiano e Mogianinho, apenas para citar alguns!!!

Maikel é um excelente colaborador desse site, além de que o resumo biográfico das Primas Miranda e das Duplas Mensageiro e Mexicano e Nízio e Nézio, foi fornecido na íntegra por Maikel Monteiro!

Muito Obrigado, mais uma vez, "Cumpadres" Maikel e Zé Francisco!!! Parabéns por esse gesto que enriquece e ajuda cada vez mais e de forma brilhante a Preservação da Memória Musical Brasileira!!

Ver também mais detalhes e links na página Para saber mais... onde constam as Referências Bibliográficas sem as quais a elaboração deste site teria sido impossível.



Essa viagem pela Música Caipira Raiz continua: Clique aqui e pegue o trem, que ele agora irá para Cambará-PR e Jequié-BA, passando também por Curitiba-PR: conheça essa dupla, cujos integrantes nasceram no mesmo dia, mês e ano, e que continua ativa, atuando em shows por todo o Brasil, além dos Programas de Rádio na Capital Paranaense, incentivando também outros talentos da região, através da APASA - Associação Paranaense dos Artistas Sertanejos e Amigos. Conheça um pouquinho da trajetória artística de Mensageiro e Mexicano.


Ou então, se você preferir outro compositor ou intérprete, clique aqui e "pegue outro trem para outra estação", na Página-Índice dos Compositores e Intérpretes.
















Voltar ao Topo