Tuta e Tota









Página Inicial


Para saber mais...


Página Índice dos Compositores e Intérpretes


Ouvir Música Caipira





"A Música Sertaneja deve continuar com toda a pureza que o nosso Caipira conhece muito bem. Porque ela é o rosto daquelas pessoas que a fazem, é o nosso rosto, são nossas Raízes Históricas. E raízes são para segurar a árvore; sem elas, a árvore cai e morre. "

(Gerson Guerra, o Tota, em sua excelente monografia "A História da Música Sertaneja no Século XX" - Dezembro/2003)

Filhos de Augusto Guerra (Italiano) e Maria Arca (Espanhola), os irmãos Oziel Guerra (o Tuta) e Gérson Guerra (o Tota) nasceram na cidade de Avaré-SP, onde passaram seus tempos de criança.

Ainda jovens, Oziel e Gérson trocaram sua Avaré natal pela Capital Paulista onde, no início da década de 1950, iniciaram a carreira artística na Rádio Nacional (hoje Rádio Globo), no programa "Alvorada Cabocla", que era apresentado por José de Moura Barbosa, o famosíssimo Nhô Zé, programa esse no qual os dois irmãos se apresentavam todas as Quintas-Feiras, cantando da mesma forma como já faziam nos sítios e fazendas onde moraram.

Até que em 1956, atendendo ao convite do Comendador Biguá, trocaram a Rádio Nacional pela Rádio Bandeirantes, onde passaram a participar do programa "Brasil Caboclo", que era apresentado pelo Comendador Biguá e também pelo Capitão Barduíno. E, em paralelo, Tuta e Tota também trabalharam durante um ano ao lado do humorista Saracura na Rádio Tupi e também durante um ano na Rádio Record.

Em 1960 Tuta e Tota, juntamente como o saudoso Nascim Filho, passaram a produzir e apresentar na Rádio Bandeirantes o programa "Bom Dia Sertão" que ia ao ar todos os Domingos, programa esse que permaneceu no ar até 1995!

No ano seguinte, 1961, Tuta e Tota gravaram seu primeiro disco de 78 RPM pela gravadora Chantecler (hoje Warner Music), tendo no Lado A a Guarânia "Falso Juramento" (Tuta - Nelson Gomes) (a música cujo trecho o Apreciador ouve ao acessar essa página) e, no Lado B, a Moda de Viola "O Preço Da Mentira” (Tuta - Tota), as quais são consideradas até hoje como sendo os maiores sucessos da dupla, e bastante solicitadas em programas de rádio e apresentações.

Tuta e Tota gravaram o já mencionado Disco 78 RPM, 3 LP's e 1 Compacto Simples. Desconheço até o momento qualquer remasterização em CD dos discos gravados pela dupla.

Em 1968, gravaram ainda um Compacto Simples com "A Força Do Amor" (Nascim Filho - Cláudio Durante), música essa que foi vetada pela censura da época... Composição musical que falava apenas de amor...

Tuta fazendo a Primeira Voz, tocando o Violão; Tota fazendo a Segunda Voz, tocando a Viola; além de excelentes intérpretes, também têm bastante destaque como compositores (principalmente o Tuta), com mais de 300 Obras Musicais gravadas por renomadíssimos intérpretes do quilate de Tonico e Tinoco, Leôncio e Leonel, Zico e Zeca, Liu e Léu, Abel e Caim, Pedro Bento e Zé da Estrada, Lourenço e Lourival, "Vadico e Vidoco", Zilo e Zalo e "Mário e Marin", apenas para citar alguns. Segundo Tuta, ele só não conseguiu que uma música sua fosse gravada pela inesquecível dupla Tião Carreiro e Pardinho, apesar da idéia ter sido cogitada pouco antes do falecimento do Criador e Rei do Pagode.

Tuta e Tota viajaram por esse imenso Brasil em memoráveis apresentações, incluindo também diversos circos, por onde ajudaram a construir a História da genuína Música Caipira Raiz. Tuta atualmente reside em Diadema-SP e Tota em Santo André-SP, sendo que a dupla continua se apresentando por todo o Brasil e participando ativamente de diversos programas de Rádio e TV, apesar do pequeno número de discos gravados.

Além de integrar a excelente Dupla Caipira Raiz aqui homenageada, Gerson Guerra, o Tota, é Palestrante e Pesquisador e também possui Formação Superior em Administração de Empresas e é pós-graduado em Administração da Produção e Produções Mecânicas. Tota foi também Professor Universitário no Curso de Administração de Empresas do Instituto de Ensino Superior Senador Flaquer de Santo André-SP, ministrando as Cadeiras de Administração de Produção, Planejamento, Controle da Produção e Estratégia Empresarial.

Tota prossegue fazendo Pós-Graduação na Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP) e trabalha também na realização do Projeto "Violas e Violeiros" em parceria com o Ministério da Cultura.

O Apreciador poderá ouvir diversas músicas gravadas pela dupla no excelente programa Brasil Caboclo, produzido e apresentado por Maikel Monteiro e que vai ao ar todos os Domingos das 07:00 às 09:00 da manhã pela Rádio Paraná Educativa (e-Paraná) - AM - 630 kHz em Curitiba-PR.



Quero aqui agradecer pela preciosíssima colaboração que foi enviada pelo Radialista, Produtor e Pesquisador Maikel Monteiro (com Ricardinho, na foto à esquerda) que, juntamente com seu amigo José Francisco, produz e apresenta o programa Brasil Caboclo que vai ao ar aos Domingos às 07:00 da manhã pela Rádio Paraná Educativa (e-Paraná) de Curitiba-PR (AM 630 kHz), e que conhece a fundo a Trajetória de diversos excelentes Intérpretes da Música Caipira Raiz, tais como as Irmãs Galvão, Tonico e Tinoco, Nhô Belarmino e Nhá Gabriela, Jacó e Jacozinho, Leôncio e Leonel, Abel e Caim, Mineiro e Manduzinho, Luizinho, Limeira e Zezinha, Pininha e Verinha e Mogiano e Mogianinho, apenas para citar alguns!!! Maikel é um excelente colaborador desse site, e me forneceu preciosíssimas fotos e informações importantíssimas, além do esclarecimento de várias dúvidas que ocorreram durante a elaboração de diversos resumos biográficos! O resumo biográfico das Primas Miranda e das Duplas Mensageiro e Mexicano e Nízio e Nézio, por sinal, foi fornecido na íntegra por Maikel Monteiro, além de raríssimas fotos e preciosíssimas informações sobre a dupla "Tuta e Tota", presentes nesse resumo biográfico!!!

Muito Obrigado, mais uma vez, "Cumpadres" Maikel e Zé Francisco!!! Parabéns por esse gesto que enriquece e ajuda cada vez mais e de forma brilhante a Preservação da Memória Musical Brasileira!!!

Quero também agradecer pela preciosíssima colaboração que me foi fornecida por Dirceu Moretto, que apresenta seu programa "Viola e Saudade" que vai ao ar todas as Sextas-Feiras das 20:00 às 00:00 pela Rádio Canal 8 - FM - 104,9 MHz de Mariópolis-PR e também nas manhãs de Domingo, das 06:00 às 09:20, pela Rádio Cidade de Pato Branco-PR - AM 1360 kHz - e que me forneceu uma excelente monografia escrita pelo Tota (A História da Música Sertaneja no Século XX - Gerson Guerra - Dezembro/2003), com um belíssimo estudo sobre a nossa Cultura Caipira. Muito obrigado, "Cumpadre" Nhô Dirceu!!


Quero agradecer também ao Músico J. C. Oliveira "Tangerynus" pela colaboração enviada através de dois artigos muito interessantes em seu Blog São Paulo Minha Cidade - Conte A Sua História, nos "posts" intitulados Revivendo Histórias da Vila Carioca – Ipiranga - SP e Conversado Com Oziel Guerra (Tuta), os quais mostram ao Apreciador um interessante aspecto da Cidade de São Paulo-SP, na época em que a Dupla "Tuta e Tota" se apresentava na Rádio Bandeirantes, às 06:30, nas manhãs de Domingo, num inesquecível programa que era patrocinado pelo Biotônico Fontoura, aquele remédio que brindava o comprador com um livro do Jeca Tatu, inesquecível personagem que certamente deve ter sido quem inspirou Mazzaropi no Filme que ele produziu com o mesmo título!


Muito obrigado a todos vocês, por esse gesto, que ajuda a enriquecer a Memória Musical Brasileira!!




Essa viagem pela Música Caipira Raiz continua: Clique aqui e pegue o trem, que ele agora irá para Uberaba-MG e Conquista-MG: conheça essa dupla, cujos integrantes, após cantar juntos em alguns festivais na região onde nasceram, voltaram a se encontrar num trem, onde juntaram novamente as vozes e passaram a fazer parte da História da Música Caipira Raiz. Conheça um pouquinho da "Dupla dos 22 Estados" que foi Silveira e Barrinha. Aproveite para conhecer também um pouquinho da dupla Silveira e Silveirinha na mesma página.


Ou então, se você preferir outro compositor ou intérprete, clique aqui e "pegue outro trem para outra estação", na Página-Índice dos Compositores e Intérpretes.
















Voltar ao Topo