Ramiro Vióla e Pardini









Página Inicial


Para saber mais...


Página Índice dos Compositores e Intérpretes


Ouvir Música Caipira





“Nóis é Caipira, nóis atola, patina... mais não incáia”.

Ramiro Vieira de Andrade, também "nasceu naquela serra" em Botucatu-SP no dia 25/04/1953 na Fazenda Boa Vista, situada entre Pardinho-SP e Botucatu-SP, bem na encosta da Serra.

Filho do Sr. Eduardo Vieira de Andrade e de Dona Maria Teresa Janes de Andrade, Ramiro é o terceiro filho entre sete irmãos e, ainda criança, mudou-se para a Fazenda Santo Antônio no Município de Itatinga-SP.

Como se sabe, era difícil aquela vidinha lá na roça e o único divertimento era cantar e tocar Viola. Desta forma, Ramiro começou bem cedo o desenvolvimento de seu gosto e de seu talento musical, pois seu pai, Eduardo levava-o às Rodas de Viola que varavam as madrugadas nos fins de semana na região.

Ramiro também foi influenciado pelos programas sertanejos nas diversas emissoras de rádio que apresentavam as Duplas Caipiras de maior sucesso na época. Eram famosos os locutores como Edgard de Souza, Zé Russo, Geraldo Meirelles, Carlos Alberto e também o famosíssimo Zé Béttio, entre outros.

Na época, o Circo ainda levava às cidades interioranas não só o espetáculo circense propriamente dito, mas também uma grande variedade de shows e, quando um deles chegava em Itatinga-SP, lá estava "Seu" Eduardo juntamente com o pessoal da fazenda numa carreta de trator, numa charrete ou até mesmo a cavalo, para assistir aos espetáculos!

Segundo o próprio Ramiro Vióla, "Seu" Eduardo era uma pessoa de fácil amizade e, nas idas aos Circos levava frutas, frango caipira, quarto de leitoa, verduras, leite, queijos, ovos etc...

E foi por essa época que Ramiro assistiu a diversas apresentações de Tião Carreiro e Pardinho, Zé Carreiro e Carreirinho, Tonico e Tinoco, Pedro Bento e Zé da Estrada, Cascatinha e Inhana, Mário Zan, Zilo e Zalo, Liu e Léu, Zico e Zeca, Zé Fortuna e Pitangueira, Irmãs Galvão e diversos outros artistas que hoje são inclusive seus amigos.

Aos 12 anos, mais precisamente no dia 02/09/1965, Ramiro seguiu para Botucatu-SP, ocasião na qual formou sua primeira dupla, que foi com seu primo e compadre Pedro Vieira de Andrade (o Pedrinho), dois anos mais velho que Ramiro (que havia adotado o nome artístico de Mirinho). Cantaram juntos durante 5 anos. Na foto à esquerda, Mirinho e Pedrinho em Outubro de 1968, foto que me foi enviada pelo próprio Ramiro Vióla!

E foi na PRF-8, a Rádio Emissora de Botucatu, que Ramiro cantou pela primeira vez, no dia 30/10/1973, no Auditório Angelino de Oliveira. Depois disso, Ramiro cantou em diversos Circos que passaram por Botucatu-SP; chegou a cantar inclusive com Chitãozinho e Xororó, além de ter convivido musicalmente com grandes nomes do Rádio Botucatuense e Região, tais como: Plínio Paganini, Osvaldo Policastro, Serrinha, Valter Contessote, Nhô Tião e tantos outros nomes que Ramiro Vióla ainda lembra com bastante saudade...

Entre 1974 e 1977, Ramiro conviveu e aprendeu bastante coisa com Antenor Serra, o Serrinha, convivência essa que foi muito importante na sua formação sertaneja e também para a nossa Boa Música Brasileira.

Ramiro Vióla conheceu o companheiro Pardini no dia 06/11/1999, no Clube Centro Brasil Itália, em Botucatu-SP, como será visto logo adiante.

Ramiro Vióla reside atualmente em sua cidade natal que é Botucatu-SP e é casado com Fátima Luciana. O casal tem dois filhos: Renato e Eduardo Vieira de Andrade Neto. E o nome artístico Ramiro Vióla (com acento!) foi sugerido pela "Madrinha" Inezita Barroso!


Antonio Luis Nóbile, o “Pardini”, nasceu em São Caetano do Sul-SP no dia 22/07/1965.

Filho de Antonio Nóbile e Neli Fratoni Nóbile, aos 10 anos, influenciado por sua mãe, que é natural de Bofete-SP (a cidade natal do Carreirinho), Antônio Luís começou a gostar da Música Caipira, aprendendo com um amigo os primeiros acordes no Violão.

Seu tio Nadir, desde moço tocava e cantava em dupla na cidade de Bofete-SP, perto de Botucatu-SP e foi, sem dúvida, uma importantíssima influência musical na vida do seu sobrinho que, graças a ele, pode tocar, cantar, vencer a timidês e soltar a voz em publico...

Em março de 1983, Antonio Luiz, já casado com Dilene e pai de Andréia e Adriana, mudou-se para a cidade de Santos-SP, porém, não se esqueceu jamais de suas raízes, apesar de estar morando em cidade litorânea e, sempre que possível, visitava seu tio Nadir em Bofete-SP, tendo a Viola sempre presente.

Conheceu vários amigos, que junto com seu tio Nadir, cantavam e tocavam durante churrascadas, aniversários e festas familiares.

E no dia 06/11/1999, com a vinda do amigo Santo Pavanelli (que era dono de uma gravadora) a Botucatu-SP, para tratar de assuntos de negócios no Clube Centro Brasil Itália, o tio Nadir convidou Antonio Luiz a uma reunião na qual estava presente o cantor e compositor Ramiro Vióla. Ao final da reunião, como de costume, os amigos pediram e eles cantaram algumas Modas de Viola para os presentes. E, de imediato, surgiu à idéia para a criação da excelente dupla!

O nome artístico Pardini foi sugerido por José Plínio Transferetti, o Paraíso da Dupla Mocóca e Paraíso.


E a nova Dupla Caipira Raiz "Ramiro Vióla & Pardini" passou a se apresentar em programas diversos, tais como "Cabana Sertaneja" pelo SBT-Bauru, "Viola Minha Viola" pela TV Cultura de São Paulo-SP, além de apresentações em diversos programas no Canal Rural em São Paulo-SP, TV Serrana de Botucatu-SP, SBT de Jaú, TV Modelo de Bauru, Canal do Boi, TV e Rádio Anhanguera de Goiânia-GO, TV Beira-Rio de Piracicaba-SP, EPTV de Ribeirão Preto-SP, e também no "Bom Dia São Paulo" e "Bom Dia Brasil" na Globo de São Paulo-SP, e ainda na Rede Vida com Mário Zan.

Ramiro Vióla e o parceiro Pardini gravaram em 2002 o primeiro CD, “Violeiro Matuto”, com 14 faixas, contando com as participações especiais de: Inezita Barroso, Carreiro & Carreirinho e tendo composições, de Jesus Belmiro, Valdemar Reis, Zé Goiano, José Caetano Erba, Tico Andrade e também do próprio Ramiro Vióla. Destaque para a belíssima "A Você Radialista" (Ramiro Vióla), na qual Ramiro Vióla e Pardini homenageiam esse importante profissional que divulga a Música Caipira através das Ondas do Rádio e é a música cujo trecho o Apreciador ouve ao acessar essa página.

O CD contou com o apoio de amigos como o Doutor e Deputado Braz Nogueira (Botucatuense Emérito e Grande incentivador das Tradições Caipiras da "Cidade dos Bons Ares" e patrocinador do CD), Rivaldo Corulli (Diretor do Programa "Viola Minha Viola" na TV Cultura de São Paulo-SP) e Robertinho do Acordeon (que dirigiu o Regional do Robertinho no "Viola Minha Viola").

Ramiro Vióla e Pardini também criaram um novo ritmo que é o "Pagode Estilizado" que pode ser ouvido na 9ª. faixa do CD "Violeiro Matuto", que é a música "Violeiro Pagodista" (Ramiro Vióla - Pardini).

E, em Maio de 2002, Ramiro Vióla e Pardini produziram o Álbum Duplo, “Angelino de Oliveira - Arquivo”, projeto esse que era um antigo sonho do Deputado Dr. Braz Nogueira, que era, por sinal, grande amigo do célebre compositor.

Os dois CD's desse álbum duplo contam com a colaboração artística de diversas pessoas, dentre elas, Rivaldo Corulli (Diretor do programa "Viola Minha Viola" na TV Cultura de São Paulo-SP), Maria Lúcia Dal Farra, Oliveira Neto e o Deputado Dr. Braz Nogueira, que voluntariamente abraçaram essa idéia para resgatar as obras desse excelente compositor Caipira que, lamentavelmente só é conhecido pelo seu maior sucesso “Tristezas do Jeca”!

Com uma excelente coletânea de músicas de Angelino de Oliveira, esse CD está sendo distribuído gratuitamente em todas as Escolas de Botucatu-SP. A tiragem foi de 1000 exemplares.

Ramiro Vióla e Pardini têm também um "Livro de Registro de Recebimento" onde aqueles que recebem deixam registrada a sua emoção. Posteriormente esse livro será colocado no Museu Angelino de Oliveira na cidade de Botucatu-SP, juntamente com o depoimento de cada contemplado para que as futuras gerações pesquisem e conheçam as suas Raízes e nossas histórias Caipiras e culturais!

“Viva a Viola... uma poderosa arma... da Paz!”.


Clique aqui e conheça um pouquinho do Currículo Parcial do Deputado Braz de Assis Nogueira, no Site de Paulo Roberto Moura Castro dedicado à Dupla Tonico e Tinoco!!! E, no final, a Letra da Música e um link (desde que o navegador (browser) seja o Internet Explorer) para que o Apreciador possa ouvir "Exemplos de um Mestre" (Ramiro Vióla) interpretada pela Dupla "Ramiro Vióla e Pardini", que faz parte do Álbum Duplo "Angelino de Oliveira - Arquivo", e que homenageia o Deputado Braz Nogueira!!!


Quero destacar também o CD "Aroma Sertanejo" lançado em 2008, com as participações especiais de Sandra Reis, Irmãs Souza (Luciane e Gisele), Inezita Barroso e Tinoco, além das participações de Joãozinho Barroso (Viola Caipira, Violão e Requinto), Renato Vieira (Contra-Baixo Acústico), Marcos Lima (Contra-Baixo Elétrico) e Ivo Todescat "Toddy" (Acordeon). Destaque para "A Viola e a Cultura" (Ramiro Vióla), "Olhos do Patrão" (José Caetano Erba - Ramiro Vióla), "Aroma Sertanejo" (Ramiro Vióla) e "O Chicote da Saudade" (Ramiro Vióla - Pardini), além da 15ª faixa "Dois Esteios" (Ramiro Vióla), belíssima Toada na qual a dupla homenageia a Dupla Coração do Brasil e que "fecha com chave de ouro" esse maravilhoso CD!


Quero aqui cumprimentar essa excelente Dupla Caipira Raiz, pois, no dia 13/04/2007, Ramiro Vióla e Pardini foram homenageados com um Jantar de Confraternização no Clube Botucatuense AAF (Assossiação Atletica Ferroviária de Botucatu) pelo CDL (Clube de Diretores Lojistas de Botucatu), com o título de "Eu Nasci Naquela Serra": "Fomos agraciados com esse título pelos méritos da divulgação do Município de Botucatu e a verdadeira Moda Raíz; esse título nós queremos compartilhar com todos aqueles que acreditam em nós, nos incentivam e nos apoiam em todos os momentos; aos nossos familiares e, em particular, a um grande amigo e reconhecedor de nosso talento, o Sr. Braz Nogueira e Família; a todos os Radialistas do Brasil que tocam nossas Músicas; aos Programas de TV que nos convidam para mostrarmos o nosso trabalho no vídeo. E agradecemos todos os dias a Deus por nós e nossos amigos e fãs espalhados pelo Brasil e exterior. Continuamos com muita Fé em nosso humilde Trabalho Caipira. Enfrentamos muitas vêzes as dificuldades e preconceitos, tanto financeiros como pelo nosso jeito de falar e de ser, não deixando transparecer os nossos sentimentos para aqueles que nos assistem e nos ouvem. Fazemos tudo de coração aberto e sem maldade ou inveja de ninguém. Simplesmente queremos levar alegria e mensagens de Fé e otimismo em nossas canções juntamente com o som da Viola Caipira junto ao nosso peito. Agradecemos eternamente a Deus por tudo o que Ele tem nos proporcionado. Hoje temos uma dupla sólida e com objetivos a serem realizados. Se Deus quiser, ainda iremos gravar um DVD para mostrar em vídeo o porque das nossas Modas e também imagens de nossa linda Princesa da Serra: a nossa Botucatu. Obrigado a todos que nos incentivam e nos apoiam! Deus lhes pague em saúde e alegria!!!

Quero aqui mais uma vez cumprimentar a Dupla Ramiro Vióla e Pardini pelo Diploma de Honra ao Mérito que eles receberam no dia 18/04/2008! Com a palavra, Ramiro Vióla: "Amigos, queremos compartilhar com todos vocês esse momento único de felicidade que passamos ontém, dia 18 de Abril de 2008, momento que levaremos eternamente em nossos corações, quando recebemos o 'Diploma de Honra ao Mérito' que nos foi concedido pela Câmara de Vereadores do Município de Botucatu-SP, Projeto de autoria do vereador Carlos Trigo; tivemos a Câmara lotada de amigos e parentes e todo o pessoal da Imprensa Botucatuense para nos cumprimentar pela honraria recebida. Dentre aos tantos amigos queridos, queremos destacar a presença especialíssima do Deputado Braz Nogueira que se deslocou de sua residência em São Paulo-SP para vir a Botucatu-SP especialmente para nos cumprimentar pessoalmente! Ele também é Cidadão Emérito e Filho de Botucatu-SP! Agradecemos sempre a Deus por colocar em nossos caminhos pessoas que aprendemos a amar de paixão! Este relevante Título foi nos concedido pelo nosso trabalho na Preservação e Divulgação que fazemos da Música de Raíz em todo o mundo! Obrigado a todo mundo!!! Nosso abraço a todos, com nossa eterna gratidão!!!"


Quero também cumprimentar a excelente Dupla Caipira "Ramiro Vióla e Pardini" pela Moção de Congratulações N° 059/2009 de 19/10/2009 que lhes foi conferida pela Câmara Municipal da Cidade de Botucatu-SP pela importante História construída a favor da Música Caipira e de Raiz. Clique na figura à direita e veja o Documento assinado pelo Vereador Fontão. A Moção N° 059/2009 foi concedida pouco antes do 10° Aniversário da Dupla "Ramiro Vióla e Pardini", comemorado no dia 06/11/2009!


E essa excelente Dupla Caipira Raiz também mostrou o valor da nossa Boa Música na Terra do Tio Sam!!!

O Certificado reproduzido abaixo foi recebido por ocasião da participação da Dupla "Ramiro Vióla e Pardini" na 21ª Conferência Mundial Sobre Armas & Drogas na Juventude": o "JCC - Jovens Construindo a Cidadania", evento esse que aconteceu em Agosto de 2010 em Orlando, Flórida, Estados Unidos!!!

Ramiro Vióla e Pardini levaram para essa Conferência a nossa Cultura através da Música Caipira Raiz e a Moda de Viola, além de terem levado também um DVD com lindas imagens Botucatu-SP e das 10 cidades da Região, as quais compõem as cidades do Pólo Cuesta.

Parabéns, Ramiro Vióla e Pardini!!! Parabéns por mostrarem um pouquinho das Maravilhas do Brasil e de nossa Boa Música Brasileira para além das nossas fronteiras!!!




Quero também cumprimentar a excelente Dupla Caipira "Ramiro Vióla e Pardini" pela Homenagem que a eles foi prestada pela Câmara Municipal de São Paulo-SP no dia 14/08/2012 que, a partir dessa data, passou a ser o Dia da Música Raiz!!! Clique aqui ou na figura à esquerda e veja a Reportagem que foi publicada no Jornal "Diário da Serra", de Botucatu-SP, falando sobre esse importantíssimo evento!!! Veja também nas três fotos abaixo a Dupla "Ramiro Vióla e Pardini" recebendo a Placa Comemorativa das mãos do Vereador Eliseu Gabriel!!! E, clicando nas fotos, o Apreciador poderá vê-las ampliadas!











O Projeto de Lei Nº 15.145/2010 institui o dia 14 de Agosto como sendo o DIA DA MÚSICA RAÍZ NA CAPITAL DE SÃO PAULO. Essa lei foi instituída através do Projeto elaborado pelo Vereador Eliseu Gabriel e seu assessor Paulo José Boltnn Leite!!! De acordo com o "Cumpadre" Ramiro Vióla:

"Foi com muita emoção que estivemos ontém, dia 14 de Agosto, na Câmara Municipal de São Paulo-SP!!! Este dia 14 de Agosto foi instituido como sendo o Dia da Música Raíz na Capital; e também esse dia 14 de Agosto é uma Homenagem ao dia de nascimento do Pardinho - Antônio Henrique de Lima, o qual era componente da grande Dupla Tião Carreiro e Pardinho.

A Dupla
'Ramiro Vióla & Pardini' foi indicada dentre outros Artistas, Radialistas e Compositores que se dedicam à verdadeira Arte de Compor, Cantar e Tocar a Viola Caipira e levar ao Estado de São Paulo, Brasil, e para o Mundo, este Estilo Musical Caipira, nascido aqui na Cidade de Botucatu-SP e Região através de: Raul Torres, Serrinha, Angelino de Oliveira, Tonico e Tinoco, Zé da Estrada, Carreirinho e outros...

Queremos aqui deixar o nosso eterno agradecimento a todos que nos ajudam e nos apoiam nessa caminhada na Divulgação, Preservação e Continuação dessa semente germinada em árvore que um dia foi plantada com Raízes profundas e foi denominada MÚSICA DE RAÍZ, a nossa verdadeira Música Cabocla!!! E nós, com muito orgulho, recebemos essa Placa de Homenagem em reconhecimento ao nosso humilde Trabalho, mas com muita seriedade e respeito ao próximo!!! E essa Placa é considerada atualmente um
'OSCAR da Música de Raíz'!!! Nós nunca renegamos as nossas Origens Roceiras, a nossa Família, nossos Antepassados, a nossa Cidade de Botucatu-SP e os nossos ídolos magníficos que aqui nasceram!!! Queremos compartilhar esse Prêmio com todos os apreciadores da nossa MODA RAÍZ!!!

Obrigado a todos de Coração!!!"


Abraços!!!
Ramiro Vióla & Pardini




Quero também cumprimentar mais uma vez a excelente Dupla Caipira "Ramiro Vióla e Pardini" por mais esse belíssimo gesto em prol da Preservação da Memória Musical da Cidade de Botucatu-SP e também da própria História da Música Caipira Raiz!!!

Clique aqui ou na figura abaixo e veja a Reportagem que foi publicada no Jornal "Diário da Serra", de Botucatu-SP, no dia 20/02/2013, falando sobre o "Memorial Da Música Raiz", na Praça do Paratodos (Concha Acústica)!!!



Nas palavras do "Cumpadre" Ramiro Vióla, ele deixa o "Nosso agradecimento ao Vereador e Presidente da Câmara Municipal de Botucatu-SP, Sr. Carreira, quando de nossa Visita a essa Casa de Lei em 14/02; prontamente entendeu à importância de revitalizar a Praça Coronel Moura (Paratodos) com a homenagem aos Grandes Nomes da Nossa Música Raíz, colocando-os ali no 'Memorial Da Música Sertaneja Raiz', tais como: Raul Torres, Serrinha, Tinoco e Zé da Estrada, estes nascidos em Botucatu-SP, e Angelino de Oliveira, Carreirinho e Tonico, que nasceram na Comarca de Botucatu-SP e a adotaram como seu Palco Inicial na Música Raíz... o Nobre Vereador elaborou o Requerimento para Votação na Sessão do dia 18/02 e obteve Aprovação Unânime e o mesmo está sendo encaminhado ao Prefeito João Cury.

Nosso agradecimento a todos os Vereadores!!!"

Abraços!!!
Ramiro Vióla





Contato para shows e/ou para adquirir CD's autografados:
(14)3815-4088
Celular: (14)99708-6231
Botucatu–SP.

e-mail: [email protected]


Clique aqui, e conheça o Release Completo da dupla Ramiro Vióla e Pardini, através de um arquivo de "Projeção de Slides" fornecido pelo próprio "Cumpadre" Ramiro Vióla.



Clique aqui, veja e ouça uma linda interpretação de "Tristezas do Jeca" (Angelino de Oliveira) com Ramiro Vióla e Pardini, num Arquivo Musical pertencente ao site YouTube, gravação essa que é do "Programa Nota 10" em Rubião Junior, distrito de Botucatu-SP, gravado no Museu do Boiadeiro de Moacir Fabiano, no Distrito de Rubião Junior, em Botucatu-SP, numa reportagem realizada com a participação de Álvaro Picado que foi amigo de Angelino de Oliveira, bem como do Sr. Moacir Fabiano, Proprietário do Museu e também do Daltim, genro do compositor Serrinha, também botucatuense. Trata-se de uma das interpretações mais autênticas e completas (com as quatro estrofes na íntegra) que se conhece do maravilhoso clássico de Angelino de Oliveira, e que é um verdadeiro Hino da Música Caipira Raiz!

Ah, sim: uma curiosidade: O maior sucesso de Angelino de Oliveira é registrado como sendo "Tristezas do Jeca" e não "Tristeza do Jeca"! De acordo com o "Cumpadre" Ramiro Vióla, o saudoso Zezinho Nascimento comentava que "...Certa vez perguntaram ao Angelino o porque de TRISTEZAS e não TRISTEZA, e ele respondeu assim: 'Minha Música tem quatro versos, e cada verso é uma Tristeza, porém os quatro versos se tornam TRISTEZAS'..."

Saiba um pouquinho mais sobre Zezinho Nascimento, que foi companheiro de Seresta de Angelino de Oliveira, na página dedicada aos Três Botucatuenses nesse site!


Clique aqui, veja e ouça uma linda interpretação de "Rio Bonito" (Serrinha - Rodolfo Carbonari) com Ramiro Vióla e Pardini, num Arquivo Musical pertencente ao site YouTube, gravação essa que é também do "Programa Nota 10" em Rubião Junior, distrito de Botucatu-SP, gravado no Museu do Boiadeiro de Moacir Fabiano, no Distrito de Rubião Junior, em Botucatu-SP.


Clique aqui, veja e ouça uma linda interpretação de "Eterno Ídolo" (Ramiro Vióla) com "Ramiro Vióla e Pardini", num Arquivo Musical que faz parte do site YouTube, gravação essa que foi feita em Agosto de 2000 e que foi uma Homenagem ao Grande Ídolo Pardinho no Programa Viola Minha Viola da TV Cultura de São Paulo-SP, apresentado pela "Madrinha" Inezita Barroso!!! Algum tempo depois, com o falecimento do Pardinho, a Letra dessa belíssima Composição sofreu algumas modificações e passou a se chamar "Eternos Ídolos" (Ramiro Vióla - Renato Vieira), sendo a 12ª Faixa do CD "Bom Jesus do Ribeirão Grande - Edição Especial 2003"!!!


Clique nos links abaixo, veja e ouça um trecho do Programa No Rancho Da Prosa, apresentado por Marcos Superti de Londrina-PR. Nas duas partes do Programa, Ramiro Vióla e Pardini falam sobre a Estória do Ferreirinha, e mostram o Monumento a ele dedicado, na cidade de Pardinho-SP, bem como o Campo do Espraiadinho e a Igreja de Bom Jesus do Ribeirão Grande, além das belíssimas interpretações de "Ferreirinha" (Carreirinho) e "B. O. do Ferreirinha" (Ramiro Vióla - José Simião)!

Primeira Parte

Segunda Parte



Clique nos links abaixo, veja e ouça um trecho do Programa "Curtição", gravado na Fazenda Lageado em Botucatu-SP, com uma interessantíssima entrevista concedida pela Dupla "Ramiro Vióla e Pardini", que foi ao ar pela TV Serrana:

Primeira Parte

Segunda Parte



Clique aqui, veja e ouça a brilhante participação da Dupla "Ramiro Vióla e Pardini" quando eles estiveram pela primeira vez no excelente Programa Brasil Caipira, apresentado pelo Luiz Rocha e que vai ao ar pela TV Câmara! O mesmo vídeo também pode ser acessado no "clip" Nº 71 no site do Programa Brasil Caipira!


Clique aqui, veja e ouça outra brilhante participação da Dupla "Ramiro Vióla e Pardini" no excelente Programa Brasil Caipira, apresentado pelo Luiz Rocha e que vai ao ar pela TV Câmara! Esse mesmo programa também contou com a participação das Duplas "Ivo Viola e Valtecides" e "Camargo e Odilon"!





Clique aqui, veja e ouça outra brilhante participação da Dupla "Ramiro Vióla e Pardini" no excelente Programa Brasil Caipira, apresentado pelo Luiz Rocha e que foi ao ar pela TV Câmara no dia 24/11/2013!!! Esse programa foi gravado no dia 04/11/2013 e também contou com a participação da Dupla "Os Dois Mineiros"!!! E, nas três fotos abaixo, feitas por minha Esposa, a Netinha, as duas excelentes Duplas "Ramiro Vióla e Pardini" e os "Dois Mineiros", com o Apresentador Luiz Rocha, ao centro; e, no mesmo dia da gravação, os "Cumpadres" Ramiro Vióla e Pardini com Netinha e também com o "Cumpadre" Volmi Batista, Proprietário e Produtor da VBS - Produções e Eventos:







E na foto abaixo, da esquerda prá direita, Pardinho Filho (filho do célebre Pardinho que integrou a dupla com Tião Carreiro), Pinho ( Revista Viola Caipira), Pardini e Ramiro Vióla, por ocasião do show comemorativo do 80º. Aniversário de Inezita Barroso que teve lugar na Sala São Paulo - Sala de Concerto da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo - na Estação Júlio Prestes, em 14/03/2005. Foto enviada por Rosângela Paschoal, filha de Antônio Henrique de Lima, o Pardinho.



Ramiro Vióla e Pardini também participaram do excelente programa "Viola Minha Viola" que foi ao ar nos dias 07 e 08/05/2005 pela TV Cultura de São Paulo-SP, apresentado pela "Madrinha" Inezita Barroso, e interpretaram a polca "Sonhando Com O Pantanal" (Waldemar Reis - Zé Goiano), no programa que também contou com a participação da Banda de Pífanos de Caruaru, do Grupo "Ó De Casa" e também das duplas Zico e Zeca e Carreiro e Carreirinho.


Tive a oportunidade de conhecer pessoalmente Ramiro Vióla e Pardini na cidade de Pardinho-SP, a cerca de 25 Km de Botucatu-SP, por ocasião do III FESMURP - Festival de Música Sertaneja Raiz de Pardinho-SP, no qual Ramiro fez parte do juri. Esse Festival nos revelou excelentes Duplas Caipiras e Trios, com excelente nível tanto nas interpretações, como também nas composições inéditas que nos foram apresentadas e no genuíno "Estilão"! Ver mais detalhes sobre o III FESMURP e o nome dos cinco primeiros colocados na página dedicada à "Madrinha" Inezita Barroso.

Na foto abaixo, da esquerda prá direita, Batista dos Santos (Compositor), Valdemar Reis, (Compositor), Rivaldo Corulli (Diretor do programa "Viola Minha Viola"), Zé Procópio (Compositor), José Simião (estudioso da Cultura da região e idealizador do Projeto de Bom Jesus do Ribeirão Grande - ver logo mais abaixo), Ramiro Vióla, Pardini, Hélio Procópio (irmão do compositor Zé Procópio) e Sérgio Veira (coordenador do festival) no dia 10/06/2005 no palco do III FESMURP:



E, na foto abaixo, Ricardinho (à esquerda) e Ramiro Vióla (à direita), no dia 11/06/2005 na localidade de Bom Jesus do Ribeirão Grande, onde estivemos juntamente com José Simião, ocasião na qual pude conhecer um pouquinho o Projeto da Construção da Capela em Homenagem ao Senhor Bom Jesus, para substituir a anterior, que foi demolida devido à passagem de rede de alta-tensão. À nossa frente, o chão onde antes havia essa Capela. E, a alguns quilômetros atrás de nós, a localidade onde ficava o Campo do Espraiadinho, onde se deu a tragédia narrada na música "Ferreirinha" (Carreirinho).



Na foto abaixo, Ramiro Vióla e a dupla Pedro Bento e Zé da Estrada:



Na foto abaixo, Ramiro Vióla e Pardini na Fazenda Lageado em Botucatu-SP:



Na foto abaixo, da esquerda prá direita, Ricardinho, José Francisco (Radialista da Rádio Paraná Educativa (e-Paraná) de Curitiba-PR), Ramiro Vióla e sua Esposa Fátima, numa porteira próximo à localidade onde nasceu esse excelente Violeiro. Aliás, no momento dessa foto, a lembrança que nos veio foi sua belíssima "Volta À Infância" (Ramiro Vióla - Zé Piranha), que é a 13ª faixa do CD "Violeiro Matuto" mencionado logo acima: "Abri a porteira do verde passado / E soltei a tropa da recordação..."




Clique aqui, e ouça "Volta À Infância" (Ramiro Vióla - Zé Piranha) interpretada pela Dupla "Ramiro Vióla e Pardini", num belíssimo Arquivo Musical que me foi gentilmente enviado pelo "Cumpadre" Ramiro Vióla!!!


Na foto abaixo, da esquerda prá direita, Francisco de Oliveira e Ramiro Vióla apresentando o excelente programa "Aroma Sertanejo" que, em 2007, ia ao ar de Segunda a Sábado das 05:00 às 07:00 da manhã na Rádio Emissora de Botucatu-SP (conhecida carinhosamente como PRF-8), nas Ondas Médias em 1540 kHz:




Além da freqüência de 1540 kHz (AM), a Rádio Emissora de Botucatu-SP, na época, também transmitia através da Internet e, além do "Aroma Sertanejo", produzido pelo Ramiro Vióla e apresentado pelo Francisco de Oliveira, que, em 2007, ia ao ar de Segunda a Sábado das 05:00 às 07:00 da manhã, na mesma Emissora, o Apreciador, na mesma época, também podia ouvir "Viola Na Serra" que ia ao ar de Segunda a Sexta-Feira das 17:15 às 19:00, produzido e apresentado pelo Ramiro Vióla.


Ambos os Programas de Rádio citados acima não fazem mais parte da emissora. Por outro lado, o Programa "Aroma Sertanejo" fez parte, durante alguns anos, da grade da programação da extinta TV Serrana de Botucatu-SP. E, para nossa grande alegria, o excelente Programa "Aroma Sertanejo" continua sendo apresentado na Televisão e vai ao ar pela TV Alpha de Botucatu-SP (Canal 5 Digital e Canal 2 Net), às Quartas-Feiras a partir das 19:00!


Na foto abaixo, da esquerda prá direita, Ricardinho, Ramiro Vióla, o Compositor Osvaldo Policastro e Zé Francisco, em Botucatu-SP, no dia 10/09/2007:




E, na foto abaixo, Ramiro Vióla e Pardini se apresentando no programa "Meu Brasil Brasileiro", apresentado pelo Lanhoso na TV Serrana, em Botucatu-SP, no dia 10/09/2007:




Na foto abaixo, Ramiro Vióla e Laura (da Dupla Leyde e Laura) na Churrascaria Tião Carreiro, na Avenida Rio Branco N° 694, em São Paulo-SP, no dia 26/03/2008, por ocasião do lançamento do segundo CD de Poemas de autoria de José Caetano Erba, Declamados por Kleber Oliveira.



Na foto abaixo, Ricardinho, Dona Nair (Esposa de Tião Carreiro), o Radialista José Francisco (que apresenta junto com Maikel Monteiro o Programa "Brasil Caboclo" nos 630 kHz da Rádio Paraná Educativa (e-Paraná) - AM de Curitiba-PR, no ar todos os Domingos das 07:00 às 09:00 da manhã) e Ramiro Vióla, no mesmo evento, na Churrascaria Tião Carreiro, no dia 26/03/2008.




Na foto abaixo, também na Churrascaria Tião Carreiro, no dia 26/03/2008, Pajé, Ramiro Vióla, Marina Franco (Irmã do Compositor Dino Franco - uma das "Irmãs Franco") e o Compositor Ademar Braga; foto de autoria do Radialista José Francisco.




E, na foto abaixo, também na Churrascaria Tião Carreiro, no dia 26/03/2008, da esquerda prá direita, Praiana, Ramiro Vióla e Zita Carreiro. Zita foi esposa e também cantou em dupla com Carreirinho e posteriormente formou a dupla "Zita Carreiro e Praiana" que gravou o CD "Espelho da Vida".




Tive mais uma vez a felicidade de rever pessoalmente a excelente Dupla "Ramiro Vióla e Pardini" na gravação do Programa Viola Minha Viola no dia 03/09/2008! Na foto abaixo, "Ramiro Vióla e Pardini" e, ao fundo, o "Regional do Joãozinho" (da esquerda prá direita: Valdir Batista Lemos, na Percussão; Andrezinho, no Baixo; Arnaldo Freitas, na Viola; e Joãozinho, no Violão):




Na foto abaixo, Inezita Barroso e a Dupla "Ramiro Vióla e Pardini", na gravação do Viola Minha Viola no dia 03/09/2008:




Na foto abaixo, da esquerda prá direita, Léo Canhoto, Ricardinho, Robertinho e Ramiro Vióla, por ocasião da gravação do Viola Minha Viola no dia 03/09/2008:




Na foto abaixo, da esquerda prá direita, Léo Canhoto, Ricardinho, Robertinho, Andréia e seu pai, o Pardini, por ocasião da gravação do Viola Minha Viola no dia 03/09/2008:




Na foto abaixo, da esquerda prá direita, Ramiro Vióla, Ricardinho e a "Madrinha" Inezita Barroso, após a gravação do Viola Minha Viola no dia 03/09/2008:




E, na foto abaixo, a "Madrinha" Inezita Barroso, ladeada por Ramiro Vióla e sua Esposa Fátima, e vários amigos de Botucatu-SP, num momento descontraído, após a gravação do Viola Minha Viola no dia 03/09/2008 (foto feita pela minha Esposa, a Netinha):




E, na foto abaixo, enviada pelo "Cumpadre" Ramiro Vióla, da esquerda prá direita: Pardini, o Compositor Muybo César Cury e Ramiro Vióla, que escreveu: "Querido Cumpadi Ricardinho: aí em anexo, está uma foto e a conclusão de um grande sonho meu, devido ser o Muybo César Cury, em parceria com o Teddy Vieira, o autor da Música 'João de Barro', justamente a primeira Música que eu cantei a primeira vêz com a minha Viola, em Abril de 1967, aos microfones da Rádio PRF-8 de Botucatu-SP e, depois de 42 anos, eu tive o prazer de conhecê-lo pessoalmente e ainda cantar com ele (Muybo) essa Moda 'João de Barro', aos microfones da Rádio Cultura AM de São Paulo-SP, em uma entrevista à qual ele nos convidou para o lançamento do CD "Aroma Sertanejo", em Abril de 2009... Foi emocionante!!!"




Clique aqui e veja a belíssima Ação de Ramiro Vióla em prol da Associação Oncológica Santo Agostinho, na Reportagem que foi publicada no Jornal Mais Botucatu no dia 21/08/2011, com a foto dos Instrumentos Musicais com Autógrafos a serem doados ao Hospital do Câncer Santo Agostinho em Botucatu-SP!!!


Clique aqui e veja a interessantíssima entrevista que o "Cumpadre" Ramiro Vióla concedeu ao "Cumpadre" Zé Caipira, em seu excelente site Prosa Caipira!!!


Clique aqui, veja e ouça uma sensacional reportagem sobre o Tropeirismo, apresentada por Fernando Dias, no Programa "Memórias Botucatu", apresentado pelo Nenê Bueno, na TV Alpha de Botucatu-SP, Programa esse que foi ao ar no dia 19/04/2012!


Clique aqui, veja e ouça a participação da Dupla "Ramiro Vióla e Pardini" no excelente Programa Viola Minha Viola, que foi ao ar no dia 27/05/2012, com reprise no dia 02/06/2012, apresentado pela "Madrinha" e Comendadora Inezita Barroso, na TV Cultura de São Paulo-SP!!! Esse Vídeo foi disponibilizado pela Sandra Cristina Peripato no excelente Site Recanto Caipira!!!


Clique nos links abaixo, veja e ouça a brilhante participação da Dupla "Ramiro Vióla e Pardini" no excelente Programa Viola Minha Viola, que foi ao ar no dia 19/05/2013, com reprise no dia 25/05/2013, apresentado pela "Madrinha" e Comendadora Inezita Barroso, na TV Cultura de São Paulo-SP!!!

Programa na Íntegra

Só a parte da Apresentação da Dupla


Nesse Programa foram Homenageados Compositores, Autores e Intérpretes da Moda Raíz de Botucatu-SP e Região, tais como: Raul Torres, Serrinha, Angelino de Oliveira, Tonico e Tinoco, Zé da Estrada e Carreirinho!!!

Nas palavras do "Cumpadre" Ramiro Vióla: "... Repassem, assistam até o fim e vejam o comentário da Inezita Barroso referente à Musica e Letra da Moda Raíz e a Viola na Juventude. Agradecemos a toda a Produção e ao Regional do Viola Minha Viola!!! Viva Botucatu, Berço e Coração da Música Sertaneja Raíz!!!"

Esses Vídeos foram disponibilizados pelo "Cumpadre" Ramiro Vióla no Site do YouTube!!!

Aliás, sobre esse Programa, que foi "prá lá de especial", o "Cumpadre" Ramiro Vióla afirmou que:

" ...Em 24/04/2013, gravamos o Programa Viola Minha Viola juntamente com a nossa 'Madrinha' Inezita Barroso!!!

Esse Programa foi ao ar no dia 19/05/2013 (...) com o reprise no dia 25/05/2013 (...) Foi uma gravação emocionante, pois esse Programa era um grande sonho que teve início em 2002 numa conversa onde estava eu (Ramiro Vióla), Inezita Barroso e Robertinho do Acordeon e, ali naquele momento, comentávamos dos grandes Autores e Intérpretes Caipiras. E então veio surgindo os nomes de Raul Torres, Serrinha, Angelino de Oliveira, Tonico e Tinoco, Carreirinho e tantos outros...

Infelizmente o nosso amigo Robertinho faleceu antes de participar deste Encontro, mas nesse dia 24/04/2013 onde se lembra o dia de falecimento de Angelino de Oliveira (24/04/1964), consegui fazer um Encontro de várias gerações dos Familiares de:

Angelino de Oliveira, com a presença de seu neto Nelson Moreira de Oliveira, sua esposa Maria e seu filho Bruno (bisneto), sua filha dona Áurea Moreira de Oliveira, aos 96 anos; infelizmente não pode estar presente por estar em viagem a Curitiba-PR, visitando familiares por lá; mas ficou muito feliz e emocionada quando soube dessa homenagem ao seu papai Angelino de Oliveira, também as netas de Angelino dona Virgínia e dona Maria Cristina e o irmão João, assim como demais da família nos mandaram seus agradecimentos.

Raul Torres, presença de sua filha Magnólia Torres, que se emocionou ao me abraçar lá no palco.

Serrinha (Antenor Serra), presença de seu último parceiro, o Rodolfo Carbonari, e sua esposa Marídice; eles estavam preparando o Repertório para a gravação de um LP (Disco de Vinil), em 1978, quando o Serrinha veio a falecer, em 19 de Agosto do mesmo ano.

Tonico, presença de seu neto Revel Blanes juntamente com a sua filhinha de 3 aninhos, a Letícia (Bisneta do Tonico); a filha Leila (mãe de Revel), por motivos de saúde, não pode estar presente também, mas nos falamos por telefone e ela, emocionada, agradeceu muito e parabenizou a gente e a Inezita.

Tinoco, seu filho José Carlos, por motivos pessoais, infelizmente não pode estar presente.

No Palco os Instrumentos que todos eles tocaram e compuseram grandes Músicas de Raíz, como por exemplo:

Levei o Violão 'Veludo' de Angelino de Oliveira, da década de 1920, que me foi cedido pelo Sr. Salgado, Diretor do Museu de Botucatu-SP, que é onde está o Violão 'Veludo' atualmente.

Levei o Violão do Raul Torres, data de 1931, pertencente ao amigo Edson Nogueira, o qual, nesse Violão, o Raul Torres ia tocar e cantar nos aniversários de Inezita, na década de 1930.

Levei o Violão que foi do Serrinha, (este, de minha propriedade) que me foi presenteado pelo casal de amigos Sr. José Furlan e Dona Janete; este Violão é da década de 1940.

Além de fotos, capas de discos e histórias reais referente a todos eles!!!

Quando eu digo que Botucatu-SP é, e sempre será, 'Berço e Coração da Moda Raíz', é porque aqui nasceram esses grandes Mestres que iniciaram tudo isso chamado Musica Sertaneja de Raíz!!!

Inezita Barroso cantou Músicas referentes a esses Cantores e Compositores e a Dupla 'Ramiro Vióla e Pardini' cantou 4 Músicas e eles falaram um pouco da História de cada um dos homenageados...

Enfim... Não percam esse Programa!!! Com certeza, fizemos ali naquele 'Palco Sagrado' do Viola Minha Viola um 'Encontro do Século' referente à Moda Raíz e seus maiores Expoentes!!!

Este foi meu Presente dos meus 60 Anos de Vida, completados com muita luta e Fé em Deus na data de 25 de Abril de 2013...

Obrigado a todos que me ajudaram a ser o que sempre pedi a Deus!!! "



Nas três fotos abaixo, Ramiro Vióla, Pardini e a "Madrinha" Inezita Barroso, os três Violões mencionados logo acima, e também a Família dos Grandes Músicos Botucatuenses que foram homenageados nesse histórico dia 24/04/2013 no Viola Minha Viola, na TV Cultura de São Paulo-SP!!! Clique a própria foto para ver a mesma ampliada:








E, dentre as diversas partipações da excelente Dupla "Ramiro Vióla e Pardini" no excelente Programa Viola Minha Viola, apresentado pela "Madrinha" Inezita Barroso, na TV Cultura de São Paulo-SP, também merece destaque o Programa que foi ao ar no dia 24/08/2014, do qual também participou o Sebastião Gonçalo que, com o nome artístico de Carreiro, formou por mais de 14 anos a inesquecível Dupla com o Carreirinho, cuja Memória foi homenageada nesse inesquecível Programa!!! Também foram lembradas as inesquecíveis Duplas Tião Carreiro e Pardinho e também "Rei da Mata e Tião do Gado", que foi a Dupla formada pelo Sebastião Gonçalo (Tião do Gado) antes dele ter sido o Carreiro em parceria com o inesquecível Carreirinho!!!

Nas fotos abaixo, Carreiro, "Ramiro Vióla e Pardini", e a "Madrinha" Inezita Barroso, no Programa que foi ao ar no dia 24/08/2014:






Clique aqui, veja e ouça a participação do "Cumpadre" Ramiro Vióla, junto com a excelente Dupla Leyde e Laura, no "Amigos Da Viola", que foi ao ar no dia 29/03/2009, ocasião na qual esse Programa comemorava 8 anos, no SBT de Jaú-SP!!! Esse Vídeo foi disponibilizado por Antonio Lança no YouTube e o link me foi enviado pelo "Cumpadre" Ramiro Vióla!!!


Clique aqui, e faça um "passeio virtual" pela Fazenda Lageado, com o Museu do Café, em Botucatu-SP, ao som da belíssima Moda de Viola "Fazenda Lageado" (Ramiro Vióla - Tico Andrade), gravada pela Dupla "Ramiro Vióla e Pardini" em Fevereiro de 2002!!! Esse link faz parte do excelente Site de Paulo Roberto Moura Castro dedicado à Dupla "Tonico e Tinoco"!!!


Voltei a me encontrar com os "Cumpadres" Ramiro Vióla e Pardini em Março de 2017, na "Cidade dos Bons Ares", ocasião na qual foi gravado (no dia 21/03/2017) o excelente Programa "Aroma Sertanejo", na TV Alpha de Botucatu-SP, programa esse que foi ao ar no dia 29/03/2017 às 19:00 e que também contou com a participação da excelente Dupla Moacyr e Sandra!!!

Ricardinho, o criador desse site, também concedeu uma entrevista, nesse mesmo Programa!!!

Nas três fotos abaixo, a gravação do "Aroma Sertanejo", no dia 21/03/2017:





Da esquerda prá direita, Ramiro Vióla, Pardini, Sandra, Moacyr e Ricardinho, no momento em que era concedido o Diploma:



E, na foto abaixo, o Diploma de participação no excelente Programa "Aroma Sertanejo"! Clicando na foto, abre-se uma nova "janela" na qual o Diploma pode ser visto "de close"!!!




Clique aqui, veja e ouça na íntegra o excelente Programa "Aroma Sertanjejo" que foi gravado no dia 21/03/2017 e que foi ao ar no dia 29/03/2017, pela TV Alpha de Botucatu-SP, num Arquivo Musical postado no YouTube, pelo "Cumpadre" Ramiro Vióla!!!

Além das belíssimas Vozes dos "Cumpadres" Moacyr E Sandra, Ricardinho, o criador desse site, também concede uma entrevista (aos 37 minutos)!!!

Ouçam também a belíssima Voz da "Cumadre" Sandra cantando (aos 25 minutos do Programa) a "Ave-Maria" de Charles Gounod (a qual ele compôs para acompanhar o Prelúdio Nº 1 do Cravo Bem Temperado de Johann Sebastian Bach), acompanhada pela Viola Caipira dedilhada pelo "Cumpadre" Moacyr!!! A parte cantada é a "Ave-Maria" de Gounod e o Acompanhamento na Viola é o Prelúdio Nº 1 do Cravo Bem Temperado de Bach!!!

E, ao final do Programa "Aroma Sertanejo", a gente recebe o Diploma!!! Parabéns mais uma vez aos "Cumpadres" Ramiro Vióla, Pardini, Moacyr e Sandra, com esse gesto importantíssimo que mantém viva e preservada a Boa Música Brasileira e também a Autêntica Música Caipira Raiz!!!

E, na mesma noite, após a gravação do Programa "Aroma Sertanejo", um rápido "Tour Cultural" pela Cidade dos Bons Ares!!! Na foto abaixo, as duas excelentes Duplas ao lado da estátua que homenageia o inesquecível Raul Torres, na Praça do Bosque, em Botucatu-SP:



Também, na mesma noite de 21/03/2017, um Encontro Descontraído com a Família dos "Cumpadres" Ramiro Vióla e Pardini:



E, também num belíssimo Trabalho de Preservação, o "Cumpadre" Ramiro Vióla reuniu diversos Objetos que pertenceram à "Madrinha" Inezita Barroso, os quais farão parte dentro em breve de um importantíssimo Acervo Cultural que está sendo construído em Botucatu-SP!!! Na foto abaixo, minha Esposa (Netinha) e Ricardinho, junto com o "Cumpadre" Ramiro Vióla, com o "Lampião da Gás" que pertenceu à "Madrinha" Inezita Barroso:





E abaixo, um Poema que Ramiro Vióla escreveu no dia 17/02/2006 por ocasião da minha participação no programa "Viola e Saudade" apresentado pelo "Cumpadre" Nhô Dirceu na Rádio Canal 8 FM de Mariópolis-PR, todas as Sextas-Feiras das 20:00 à Meia-Noite. No mesmo horário, às Quintas-Feiras, Leomar dos Santos apresenta também o seu programa dedicado à Música Caipira Raiz. Nesse Poema expontâneo, Ramiro homenageia também o Maikel Monteiro e o José Francisco que apresentam o Brasil Caboclo aos Domingos às 07:00 da manhã na Rádio Paraná Educativa (e-Paraná) - AM - 630 kHz em Curitiba-PR:

O Ricardinho é um caboclo bão...
Mora em Santo André e reside em meu coração.
E a Netinha é sua companheira,
Só falta uma Viola para ela ser Violeira...

O Nhô Dirceu é o maquinista
Desse maravilhoso trem...
E o Leomar é o foguista;
Merece o nosso carinho também.

Zé Francisco e o Maikel, dois caipiras
Amigos de verdade...
Vivem com o pensamento no Sertão
E o pé na Cidade.


Valeu, "Cumpadre" Ramiro Vióla!! Muito obrigado!! Parabéns por preservar a genuína Música Caipira Raiz!!!




Obs.: As informações contidas no texto dessa página são originárias principalmente do Site Oficial de Ramiro Vióla e Pardini, e também do site Music Express, além de informações fornecidas pelo próprio Ramiro Vióla. Ver mais detalhes e links na página Para saber mais... onde constam as Referências Bibliográficas sem as quais a elaboração desse site teria sido impossível.



Essa viagem pela Música Caipira Raiz continua: Clique aqui e pegue o trem, que ele agora irá para o Triângulo Mineiro: conheça um pouquinho da excelente Dupla que fez o Harmonioso Casamento da Música Caipira Raiz com a nossa Boa Música Brasileira Urbana: Pena Branca e Xavantinho.




Ou então, se você preferir outro compositor ou intérprete, clique aqui e "pegue outro trem para outra estação", na Página-Índice dos Compositores e Intérpretes.
















Voltar ao Topo